A Copa do Mundo no universo da propaganda

A cada dia que passa o maior evento esportivo da terra fica mais próximo de seu inicio, fator que é suficiente para esfriar a barriga e aquecer o coração de torcedores e apaixonados por futebol em todos os cantos do mundo. É nessa época que várias marcas gigantes lançam campanhas globais épicas. Outras empresas, entretanto, apostam no calor e emoção do público local para promover sua comunicação. Abaixo você vai conferir um timaço, com dez comerciais especialmente criados para incentivar as seleções que vão disputar a Copa do Mundo.

Argentina (link)
A Coca-Cola remontou o emocionante “abraço da alma” na Copa de 78. A agência David foi resgatar uma das imagens mais incríveis da história do esporte para promover a marca e empurrar a seleção argentina .

Uruguai (link)
Para incentivar o Uruguai, a Puma preferiu provocar o Brasil com o fantasma do Maracanazo, no filme abaixo. A marca criou um divertido vídeo que brinca com o fato de a seleção celeste ter vencido a última Copa do Mundo realizada no Brasil, em 1950, em cima da equipe da casa.

Brasil (link)
A campanha “Ouse ser brasileiro” é estrelada por estrelada por Neymar, Thiago Silva, David Luiz, Paulinho e Bernard. A jornada contempla um filme para TV, vídeos e uma série de ações nas redes sociais, mídia online, impressa e externa em todo o país. Em destaque, a autenticidade, a diversidade e a criatividade do “futebol canarinho”.

Chile (link)
Que tal relembrar umas das imagens mais marcantes do país nos últimos anos; o resgate de 33 trabalhadores que ficaram quase 70 dias soterrados na Mina de San José a 668 de profundidade, em 2010? Com o mote “Para um chileno nada é impossível”, foi exatamente isso que fez o Banco Chileno, patrocinador da “La Roja”, como é chamada a equipe local.

Portugal (link)
No comercial da companhia de energia Galp, o “Portugal é Mundial”. O filme foi criado pela JWT e traduz em imagens a frase chave da campanha “Somos muito mais que 10 milhoes”, que decora o ônibus do time que tem Cristiano Ronaldo.

Espanha (link)
Nem a elevada confiança da mais recente campeã mundial foi capaz de animar os torcedores espanhóis, que procuraram poucos ingressos para assistir a Copa do Mundo no Brasil. Entretanto, pelo menos no comercial da cerveja espanhola Cruzcampo, os apaixonados pela “fúria espanhola” doaram seus corações ao time.

Itália (link)
Já imaginou misturar capoeira com ópera? A emissora italiana de televisão acha que é uma boa combinação e vai dar certo para a Copa do Mundo no Brasil. Além disso, entre outras coisas, brasileiros e italianos são movidos por uma mesma paixão: o futebol.

Japão (link)
Os japoneses costumam ser mais introspectivos no aspecto comunicacional. Mas será que a torcida nipônica também é retraída ou explode de emoção com a seleção nacional? Veja nesse comercial da Adidas.

Alemanha (link)
O filme abaixo, feito pela Volkswagen, mostra Pelé como "ministro do futebol brasileiro" sugerindo que a equipe de futebol alemã jogue menos para que o Brasil vença a Copa de 2014.

Croácia (link)
Os nossos adversários no primeiro jogo da Copa do Mundo fizeram um comercial que simula como será esse jogo. É claro que eles venceram a partida na propaganda de uma cerveja local. O gol da vitória foi marcado pelo astro do time Mario Mandzukic, que não jogará a abertura da Copa do Mundo. Ainda bem.

E aí? Quem vence a Copa do Mundo da propaganda em sua opinião?



Redação Adnews

Postagens

Perfil

Contatos:

Celular (TIM):
35 991 531 100

E-mail:
fernandoluigi57@gmail.com

Skype: fluigi2000