Relatório Google AdWords sobre golpistas e falsificadores

Google divulga relatório sobre golpistas e falsificadores identificados e banidos de seu sistema de publicidade


Relatório Google AdWords sobre golpistas


- O Google AdWords enfrenta uma dura batalha para proteger seus usuários de golpistas, falsificadores e da proliferação de malwares. Trata-se de uma batalha diária para garantir que os usuários tenham acesso apenas a anúncios relevantes e que garantam uma boa experiência de navegação. O relatório anual sobre a punição aplicada aos golpistas foi divulgada pelo blog oficial do AdWords. Quais foram alguns dos números apresentados e o que eles representam?

- Segundo o relatório, apenas no ano de 2013, cerca de 350 milhões de Links Patrocinados originados de golpistas foram banidos do sistema. Quando comparamos estes dados com os valores identificados no ano de 2012, percebemos um significativo aumento. No ano anterior, o número de anúncios suspensos foi de 224 milhões. Isto representa um aumento de 59% no último ano.

- Em um primeiro momento, estes números parecem apontar em uma direção desanimadora, como se a quantidade de golpistas atuantes tivesse aumentado. No entanto, o número de anunciantes identificados realizando claras violações das políticas do Google AdWords caiu consideravelmente – de 850 mil em 2012 para cerca de 270 mil em 2013.

- Obviamente, cabe a pergunta: se o número de golpistas caiu, como é que a quantidade deste tipo de anúncio aumentou? Isto se deu especialmente em função de melhorias no sistema de detecção dos Links Patrocinados. O Google AdWords tem utilizado diversos recursos para manter falsificadores e golpistas longe do seu sistema de publicidade digital. A otimização inclui melhorias no sistema envolvendo os recursos técnicos, financeiros e humanos. Uma equipe é constantemente treinada, e se mantém atenta para identificar violações das políticas de publicidade do Google AdWords e tomar as necessárias medidas repreensivas.

- Isto também é percebido quando analisamos os dados sobre anunciantes adeptos das falsificações. O número de falsificadores tentando burlar o sistema e prejudicar os usuários caiu de forma significativa. Em 2013, cerca de 14 mil anunciantes foram banidos por tentar vender produtos falsificados. Isto representa uma queda de 80% em relação a 2012.

- Segundo o Google AdWords, a queda no número de golpistas e falsificadores representam a frustração destas pessoas em relação à segurança encontrada no Google, e que estão migrando para outros sistemas, buscando alvos menos protegidos.

- Segundo o relatório, um dos campeões de reclamações recebidas pelo Google foram os softwares que violam os termos de publicidade por alterar o navegador padrão, instalar barras de ferramenta ou mesmo infiltrar malwares no computador dos usuários.

- Visando proteger seus usuários destes elementos que rondam a internet em busca de vítimas, o Google continua a manter atualizados seus sistemas de prevenção, bem como oferecer treinamento constante à sua equipe de engenheiros responsáveis pela segurança. Para não correr o risco de ter seus anúncios reprovados por violar acidentalmente as diretrizes do Google AdWords, você pode baixar nosso eBook Políticas de Publicidade, e se manter informado sobre quais são estes termos e condições.

- O relatório 2013 sobre anúncios e anunciantes banidos por violações dos termos e condições do Google AdWords pode ser observado no infográfico abaixo, (em inglês).

fonte: Clinks


Postagens

Perfil

Contatos:

Celular (TIM):
35 991 531 100

E-mail:
fernandoluigi57@gmail.com

Skype: fluigi2000